Insira seu email abaixo e receba conteúdos, ferramentas e dicas exclusivas sobre empreendedorismo e negócios!










Há muitas pessoas que ficam paradas apenas sonhando de como seria a vida delas após se tornar um empreendedor e iniciar um negócio rentável.

Muitas delas estão “presas” em seus empregos, não suportam mais seus chefes, não se sentem motivadas pelo trabalho e, em muitos casos, não têm nem mais o emprego.

Ficam paralisadas, com medo do que fazer, de como abrir um negócio, medo do que poderia acontecer caso tomem alguma atitude.

Algumas pessoas não sabem qual o primeiro passo a dar, mas é são os medos que as deixam estagnadas.

Se você se reconhece como uma dessas pessoas e sonha em se tornar um Futuro Empreendedor de forma segura, simples e confiante, você encontrará aqui 5 formas simples para matar seus medos de iniciar um negócio.

1. Fale com outros empreendedores

Uma forma fácil de matar seus medos de iniciar um negócio é simplesmente falar com outras pessoas que já iniciaram um negócio e conseguiram vencer as barreiras iniciais.

Uma das melhores formas para se fazer isso é comparecendo a eventos presenciais de empreendedorismo. Há inúmeros eventos relacionados ao mundo dos negócios no país e no mundo e  muitos são gratuitos.

Ao encontrar essas pessoas, você consegue perguntar quais foram os maiores medos que tiveram antes de iniciar um negócio, as principais dificuldades que tiveram no início, os erros que cometeram pelo caminho e muitas outras que te ajudarão a perceber que começar um negócio não é nenhum bixo de sete cabeças, quando se tem a metodologia correta para isso.

Além dos eventos, é possível fazer um bom uso das redes sociais, onde você encontra grupos específicos de empreendedores e diversos temas empresariais.

O LinkedIn, por exemplo, uma rede social profissional, você consegue contatar os empreendedores que você tem como referência, que chegaram onde você quer chegar.

Conversando com outros empreendedores, você verá que todos tiveram medos antes de iniciar e dificuldades em qualquer momento.

Entretanto, foram derrubando um a um e ainda possuem alguns medos. Sempre terão. Em cada estágio que se desenvolver como empreendedor, serão medos diferentes que você terá.

O medo no empreendedorismo deve ser como o medo que você sente em parques de diversão: assustam na fila, mas depois é pura diversão!

Não foram os medos que pararam os melhores empreendedores, muito pelo contrário, fizeram eles lutarem, terem desejo de seguir em frente e construir coisas novas fantásticas que temos todos os dias ao nosso redor.

2. Comece pequeno

Ao superar seus medos e chegar no estágio de dar os primeiros passos no mundo do empreendedorismo, não imagine ter aquela ideia mirabolante e construir aquele negócio do zero de uma forma apoteótica, gigantesca e gloriosa.

Isso demandaria muito tempo, recursos e, colocar todo o seu dinheiro ao iniciar um novo negócio, é uma das formas mais irresponsáveis de se começar.

Todos os empreendedores de sucesso começaram pequeno, testando aos poucos vários fatores do seu negócio, adquirindo seu primeiro cliente, depois o segundo, o terceiro e, neste processo, foram colhendo suas principais objeções, o que eles gostavam, o que eles queriam de diferente no produto ou serviço e foram se desenvolvendo com o dinheiro que vinha do mercado.

Pouco tempo depois já haviam montado sua própria máquina de vendas, que funciona perfeitamente e especificamente para seu negócio e não uma cópia ou exemplo encontrado em um modelo de plano de negócios pela internet.

Portanto, além de começar pequeno ser muito importante para amenizar, e muito, os seus medos, também faz bem para o seu negócio.

3. Leia a biografia de outros empreendedores

Há livros fantásticos sobre a história de vida de muitos empreendedores, artistas, esportistas e pessoas que conseguiram transformar suas paixões em negócios extraordinários!

Duas sugestões de livros com coletâneas de histórias de empreendedores brasileiros, são:

Somados, os livro contam a trajetória da vida e dos negócios de 20 grandes empreendedores, desde Maurício de Souza da Turma da Mônica, Miguel Krigsner da O Boticário, Romero Rodrigues da Buscapé, Alexandre Costa da Cacau Show e muitos outros.

Há livros que contam histórias de outros grandes empreendedores como, por exemplo:

  • A Fantástica História de Silvio Santos, um livro difícil de se encontrar, mas que  conta a história de um dos maiores comunicadores e empreendedores brasileiros;
  • Asas da Loucura, lembrado mais como um inventor e pai da aviação, entretanto, Santos Dumont foi, acima de tudo, um excelente empreendedor de sucesso internacional;
  • Ayrton: o Herói Revelado, do ídolo brasileiro, Ayrton Senna, que, além de ser o maior piloto da história, é um exemplo de como conseguiu unir sua paixão de infância em uma profissão, negócios e uma vida extraordinária e admirada globalmente.

Você pode, também, encontrar livros sobre empreendedores estrangeiros que revolucionaram os negócios, como Bill Gates, Steve Jobs, Richard Branson e Elon Musk, por exemplo.

Procurando no Google é possível encontrar histórias de milhares de histórias e outros livros. Portanto, leia!

Verá que todos são pessoas de carne e osso, com muitos medos semelhantes aos seus, que deram muitas “cabeçadas” no início e tiveram alguns tropeços.

Porém, arregaçaram as mangas, começaram pequenos, fizeram o que tinha que ser feito e conseguiram chegar muito mais longe que seus sonhos mais ousados.

Quando eu olho para trás e todas aquelas preocupações, lembro-me da história do velho que disse em seu leito de morte que ele tinha tido muitos problemas em sua vida, a maioria dos quais nunca haviam acontecido.
― Winston Churchill

4. Responda: “O que de pior poderia acontecer?”

Você acha que se iniciar um negócio e der tudo, absolutamente TUDO errado, você… morreria?

Pode ser dramático nesta resposta, é hora de explorar a imagem mais horrível que a sua mente é capaz de gerar.

Perderia todo o seu dinheiro? Teria que ir morar embaixo de uma ponte? Será expulso de casa, virar um andarilho e viver de restos de lixo?

Se estas imagens ocorrem para você, provavelmente você ainda acredita que, para começar um pequeno negócio, você precisa de muito dinheiro e se arriscar muito!

Como foi falado no item 2, colocar todo o seu dinheiro em uma ideia própria de negócio, em uma franquia, uma revenda ou representação ou qualquer tipo de negócio, seria uma total irresponsabilidade.

Ainda vemos por aí, “escolas” de negócios ensinando a escrever um longo plano de negócios que, ao final dele, você terá calculado o valor total que deveria ser investido para ter seu negócio de pé.

Muitas pessoas caem nessa, calculam que precisam de 100 mil reais, vendem a casa, o carro, o papagaio, pedem empréstimos, colocam tudo o que possuem no novo negócio e rezam que aquilo dê certo.

Esta atitude é praticamente um suicídio financeiro, prejudicando não apenas você, mas sua família e outras pessoas. Se você conhece pessoas que fizeram isso, não siga este exemplo! Não é estes passos que você deve seguir.

Começando pequeno, seguindo uma metodologia segura e prática, você terá muito mais sucesso ao iniciar o seu próprio negócio.

Caso você falhe e seu negócio não dê certo logo no início, você terá perdido apenas uma pequena quantia de dinheiro, investiu algum tempo que se tornaram aprendizados e gastou energia praticando novas habilidades. Entretanto, a esta altura, você já será um empreendedor.

Falhar é natural. A maioria esmagadora dos empreendedores já falharam algum negócio. No mundo dos negócios falhar é normal, não um pecado que te levará ao inferno.

Portanto, se você começar pequeno e falhar, nenhum destes filmes de terror da sua cabeça se tornariam reais. Você ainda teria um teto e pessoas ao seu lado te admirando e torcendo por você!

Para complementar: caso você falhar ao iniciar um negócio, o que poderia fazer para retornar ao exato estado em que você se encontra hoje?

Ninguém vai tirar sua inteligência, experiência, educação, relacionamentos e vontade de fazer acontecer.

Talvez retornar a um emprego similar ao que você tem (ou teve), para voltar a ganhar um dinheiro enquanto se recupera e reorganiza antes de começar um outro negócio.

Não seria nenhuma vergonha ter que recorrer a um emprego enquanto suas habilidades empreendedoras não estiverem fluentes. Muitos empreendedores, sabiamente e humildemente, tiveram que dar um passo para trás antes de conseguir dar dois para frente.

5. Faça um curso que te dê um passo a passo seguro

Participar de um curso online é uma das melhores opções que existem atualmente para conciliar o dia a dia conturbado, poder assistir de qualquer lugar, quantas vezes quiser e aproveitar o máximo do seu tempo executando as tarefas que realmente importam para iniciar o seu próprio negócio.

Aqui na Realização Empreendedora, por exemplo, temos o curso Futuro Empreendedor, que ajuda pessoas que possuem muitos medos de iniciar um negócio, não conhecem nada sobre criação ou gestão de empresas, não sabem quais os primeiros passos que precisam dar e nem qual ideia poderiam transformar em um negócio lucrativo… possuem apenas a real vontade de mudar suas vidas para melhor.

O curso foi baseado e inspirado nos 7 passos que todos os grandes empreendedores do item 3 realizaram! Eles começaram pequenos, com apenas o dinheiro, tempo, recursos e conhecimentos que tinham disponíveis naquele exato momento.

O Futuro Empreendedor está separado em três módulos:

  • No 1º módulo, o você será preparado como um Futuro Empreendedor de sucesso, aplicando técnicas de mudança de postura, atitudes e realizações práticas;
  • No 2º módulo, você irá seguir 7 passos, um por dia e com a mão na massa, para criar o seu negócio de forma segura, sequencial e sem medos, em apenas 1 semana;
  • No 3º módulo, você aprenderá e executará ferramentas simples e poderosas para gerenciar e crescer o seu novo pequeno negócio.

O curso foi pensado, aplicado, testado e comprovado por pessoas que não acreditavam ser capazes de criar um negócio próprio lucrativo, sem terem que aplicar ferramentas difíceis e mirabolantes, sem precisarem se endividar ou gastar muito dinheiro, sem levarem uma eternidade de tempo e paciência para verem tudo acontecer.

Totalmente diferente do que você encontrará na internet: simples, sequencial, seguro e extremamente barato.

Conheça mais sobre o curso Futuro Empreendedor e veja como você pode, sim, começar o seu negócio de forma cautelosa, confiante e acompanhado de uma comunidade de empreendedores que já deram seus primeiros passos e estarão te auxiliando de perto.

Espero que você esteja bem mais confiante para dar o primeiro passo e se tornar um Futuro Empreendedor!